Ilha da Gigóia, um paraíso escondido dentro da Barra da Tijuca

 


Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, como um todo é um lugar exuberante e atraente tanto para se morar quanto para visitar. Mas dentro do bairro existe uma localidade, especificamente falando, charmosíssima e que costuma atrair bastante turistas e curiosos. Trata-se da popular Ilha da Gigóia.

Situada próxima à região do Jardim Oceânicouma espécie de sub-bairro da Barra, a Ilha não tem circulação de carros e só é possível adentrá-la através de balsas. Por lá, vivem cerca de 3 mil habitantes.

O curioso é que, embora seja parte do município do Rio de Janeiro, isto é, da capital, a sensação é de interior. O clima é muito diferente da atmosfera agitada da cidade. Dá-se a impressão de estar num ”universo paralelo”.




Totalmente interligada à natureza, a Ilha da Gigóia é ótima opção para dias ensolarados, típicos da Cidade Maravilhosa. Por lá, os passeios de barco são um atrativo, assim como os esportes aquáticos, como jet-ski e caiaque. Além disso, os estabelecimentos gastronômicos locais são muito procurados, com destaque para o Caiçara, o Cais Bar e o Laguna, cada um à sua maneira de ser.


Morador de Jacarepaguá, também na Zona Oeste, o músico e representante comercial Lander Júnior ressalta as qualidades da Ilha, em especial a chegada ao local.

”Adoro passear na Ilha da Gigóia. Ótimo lugar para a família, com diversas opções para almoçar. Sem falar na chegada ao local de barco, que por si só já vale muito a pena, diz Lander.

Mas se engana quem pensa que a Ilha da Gigóia é apenas para um ”bate e volta”. O local dispõe de diversas opções de pousadas para hospedagem, permitindo a quem queira ficar mais tempo do que somente um mero passeio.

É natural pensar em Barra da Tijuca e automaticamente se lembrar das praias e shoppings, mas não dá para deixar de conhecer a Ilha da Gigóia, certamente um dos lugares mais aprazíveis do Rio.

Postar um comentário

0 Comentários